sábado, 29 de maio de 2010

Escolhas...




Frase: " A vida e feita de escolhas e cada escolha é uma renúncia"

A duas semanas comecei em um novo emprego,literalmente começar do zeroooo, eu estava acostumada a um ritmo e agora tenho que me encontrar em outro,achei que tiraria de letra mas venho aqui e digo que NÃO! Nossa como e difícil recomeçar ?! Tenho sentido um misto de felicidade e medo ao mesmo tempo,alguém pode me explicar isso? Alguém?!
Devo esta assustando a todos com esse papo de doido agora são 00:34hs começando o sábado estou hiper cansada venho até aqui pra falar que estou FELIZ e com MEDO kkkkkkkkk pois é  exatamente o que ando sentindo em esse meu novo emprego. Será que é o caso de procurar um analista? Alguém me da uma luz?
Vou ficando por aqui porque nem eu me entendo mais kkkkkkkkk

Amanhã e dia de acordar cedo e treinar =D disto eu não tenho duvida que gosto demais e não tenho medo!

Bons Kms

Fabi =D

16 comentários:

Jacke Gense disse...

Oi Fabi!
Acho que é super normal vc sentir medo do desconhecido... Você não sabe onde está "pisando" e por isso sente essa insegurança.
Deixe que o tempo se encarregue de trazer essa tranquilidade que vc espera... e dará tudo certo!
Ah, estou fechando a boca para voltar com tudo novamente.. aí marcamos uma corrida para corrermos juntas, ok?

bjs

Alex Dahlke disse...

Olá Fabi!
Não vejo o começo como um fardo que deve ser levantado do chão...acredito que não voltamos ao zero, pois temos conhecimento acumulado, apenas mudamos a direção. A vida para mim é como uma longa corrida: muitos obstáculos, mas também muitas alegrias, superações e conquistas...certas vezes temos que mudar a trajetória porque alguma passagem foi interronpida. Paramos de correr... jamais, pois sabemos o quão "saudável" é correr por esta vida...
Corra sem medo, deixe o medo para aqueles que não ousaram calçar um tênis e seguir por ruas ou trilhas novas a cada dia...
Um grande abraço!!! Felicidades em sua nova vitória!!!
Alex dahlke

Paulo Massa disse...

Fabi,

o medo vem da ansiedade perante o futuro, o desconhecido. Às vezes é bom pra nos sacudir e nos deixar mais alertas.

Com relação à sua frase, eu acho melhor "UMA escolha, VÁRIAS renúncias", pois você abre mão de muitas outras coisas quando escolhe uma.

Beijos e treinar ajuda a esfriar a cabeça, organiza melhor os pensamentos!

Corridas e Maratonas disse...

Olá Fabi! Concordo com a Jacke, será necessário uma dose de paciência, de paz e controle da ansiedade para lhe dar com este começo. E a corrida vem para te ajudar nessa, aliviando as angustias, te trazendo bem estar e domínio sobre seu corpo, sua mente.
Sucesso neste novo desafio!!

Abraços, pri

Bons Km disse...

Bora treinar e colocar a cabeça nos eixos...desafios estão aí para serem superados...e nada pode te segurar mulher...
Bjinhos
Bons treinos
Boa sorte no emprego novo...
e apareça mais por aqui...
Ju

Leonardo Nista disse...

Fabi, tudo bom, na medida do possivel?

Eu tambem passei exatamente a mesma coisa que voce esta passando.

Foi no mes passado, quando sai da área de compras de acessorios e peças para carro(Dpaschoal) e entrei na Unimed, para ser analista de mercado.

Foi uma loucura, felicidade misturado com medo tambem...mas posso garantir que isso passa, fica sussa!!!

Hoje, com um mes e alguns dias, já falo a mesma ligua que o pessoal que está na area da saude a alguns anos. Lógico que nao estou no mesmo nivel, mas aquele medo foi superado e hoje consigo trabalhar e entregar meu trabalho tranquilamente.

Boa sorte!!

Leonardo Nista
www.corrorporcorrer.blogspot.com

railer disse...

também comecei num emprego novo e sei o que é isso. é um monte de coisas novas, pessoas, tarefas, o próprio dia a dia, negócios... mas é só mais uma fase pra gente crescer e fazer uma carreira de sucesso!
beijos!

Joka disse...

Segui o fluxo da vida Fabi, o medo é normal. Fé em Deus e bora treinar para esquecer o cotidiano...Boa semana na paz de Deus.

marceloscorrendo disse...

O novo, mesmo quando prazeroso, normalmente nos traz muito mais ansiedade do que excitação. E a insegurança é um sentimento que também vem na bagagem. Fazendo um paralelo com o mundo das corridas, pelo qual somos apaixonados, lembro-me da primeira corrida de rua de que participei. Foi assim quando participei da minha primeira prova de 10 Km. Repetiu-se nas minhas primeiras 10 milhas. Idem na minha primeira meia-maratona. Tremo só de pensar quando terei enfim a coragem de enfrentar uma maratona. Geralmente acontece assim com a maioria das pessoas. Sempre nos perguntamos: será que eu sou capaz? será que eu vou dar conta do recado? Mas, no final a gente está sempre aprendendo a driblar esses desafios. Afinal, enfrentá-los é o que nos faz crescer.
Na minha profissão, quando exerci o meu primeiro cargo de chefia, mal conseguia dormir pensando nas "imensas" responsabilidades que teria que administrar. Nesse momento, me confortava com as pequenas vitórias diárias. Hoje, mais experiente e vivido, lembro-me do que minha vó me dizia: "Confie em sua capacidade". E do alto de sua religiosidade completava: "Deus nunca nos dá uma carga maior do que podemos levar".
Muito sucesso.

Ana disse...

Ola Fabi, qto tempo hein.
Obrigada pela visita no meu blog e pelas palavras...

Qto ao seu antagonismo (medo x felicidade) acho normal. Eu mesma já passei por isso qdo mudei de emprego pela ultima vez. Estava feliz por ter conseguido a oportunidade que tanto sonhava e ao mesmo tempo cheia de insegurança com o q me aguardava.
Hj sinto q valeu a pena. Se não valesse, teria dado um jeito e mudaria de novo. O importante é ser feliz.

Bjus e bons km´s

Jorge disse...

Fabi boa tarde, dando uma olhada no seu post e nos comentários que os amigo(a)s deixaram aqui no seu blog, faço as minhas palavras as mesmas da nossa amiga Jacke Gense, pois isso é normal, olha converse sempre com nosso pai lá de cima, ore que tudo se resolverá.

Bom feriado e se for correr boa corrida.

Bjão,

Jorge Cerqueira
www.jmaratona.com

* Fada * disse...

*Fabiana, isso que você está

sentindo é NORMAL !!! Fique

tranquíla ! É apenas uma fase

difícil ! Só isso !!!

Toda primeira vez em alguma

situação dá medo, pavor !!! Depois,

aprendemos e fica cada vez mais

fácil !!!

*Ótima 6ª feira !!!

*Um abraço.

P.S. - Cheguei aqui através do

blog da *Conceição !!!

Felipe de Souto disse...

Oi fabi....acho normal esse lance de felicidade e medo...o mais complicado vc já fez...foi sair da zona de corforto....o medo é natural, afinal, sempre procuramos segurança, certeza...Manda bala, confie na sua capacidade e o medo logo passa! Desejo sorte!

Felipe de Souto

Dougline disse...

Adorei o blog, parabéns!

Joel dos Santos Leitão disse...

Analista!!!? Nada!! Desencana! Teu sentimento é o mais normal dos humanos. Medo diante do desconhecido. Medo diante de algo novo! Pára! Relaxa. Nessa semana tive a sensação que seria demitido... e fiquei pensando sobre o que vale a pena nessa vida. E não cheguei a conclusão alguma. Talvez eu estivesse começando algo novo, como você, e também ficaria com medo. Medo de não corresponder, de não ser aceita etc. Medo de não ser competente para a função? No final das contas o medo é uma condição de nossa cabeça. O medo é intangível. Nós é o criamo, e também somos nós que o matamos, basta querer. Vá de corpo e alma, de peito aberto, e o que tiver que ser, será. beijos. @JoelMaratonista

Karen disse...

Ah, esse sentimento é super normal mesmo. A gente sai da zona de conforto e tem que dar tudo de si novamente, começar do zero. Toda mudança dá medo, mas é bom. Eu quero muito mudar de ramo, estou tentando, mas também morro de mnedo! Fique tranquila, logo passa!